I Workshop “Estilo de Vida Empreendedor: Despertando para Oportunidades”

A Bio Logus Jr., uma das mais novas empresas juniores da UNESP de Rio Claro, realizou no dia 22 de agosto de 2012 o seu primeiro workshop com o tema “empreendedorismo”. A empresa recém-fundada é uma associação civil sem fins lucrativos, constituída e gerida por alunos do curso de Ciências Biológicas, que realizam projetos e fornecem serviços procurando ajudar na capacitação de profissionais.

Ao perceberem uma base forte para os que pretendem seguir carreira acadêmica e a falta de oportunidades para os que se interessam pelo mercado, alguns alunos decidiram por unir esforços para cobrir essa lacuna no curso. No início, buscaram palestras sobre empreendedorismo e minicursos de gestão de projetos com colegas do Instituto de Geociências e Ciências Exatas (IGCE). Com essa iniciativa, a empresa tem conseguido maior aproximação da sociedade com a academia e ampliado a aplicabilidade das pesquisas na universidade, oferecendo uma gama de oportunidades aos pesquisadores, alunos e professores.

Palestra  Marc Kirst

O I Workshop “Estilo de vida empreendedor: depertando para oportunidades” aconteceu no dia 22 de Agosto no Anfiteatro do Instituto de Biociências (IB) na UNESP de Rio Claro. Nele, ocorreram três palestras e os participantes tiveram a oportunidade de participar de grupos de discussão sobre diversos temas, novidade nos eventos das empresas juniores de Rio Claro.

A primeira palestra foi ministrada pelo jovem empreendedor Marc Kisrt, que começou sua palestra com uma frase impactante – “empreendedores são mortos” – prendendo desde o início a atenção de todos. O palestrante tratou do ambiente universitário como fonte de empreendedorismo e até mesmo citou Picasso, dizendo que todas as crianças nascem artistas e, da mesma forma, todas as pessoas nascem empreendedoras. Marc também deu dicas para se ter atitude empreendedora e consequentemente ter um estilo de vida empreendedor.

 

Equipe da Bio Logus Jr. e palestrantes com os certificados de apresentação

 

 

Dando continuidade à temática, foi apresentado o momento favorável do nosso país para se empreender. Os participantes puderam notar a importância de conhecer a dinâmica de mercado e o vocabulário financeiro. Dario explicou o Movimento Empresa Júnior e encerrou trazendo um pouco do que foi o Encontro Internacional de Empresas Juniores, evento que ocorreu alguns dias antes da palestra em Paraty – Rio de Janeiro.

Por fim, João Arcala apresentou um novo conceito de empreendedorismo que cresce muito no Brasil e no mundo, chamado Empreendedorismo Social, que se diferencia no objetivo que a empresa deseja alcançar. Atualmente, o modelo tradicional que predomina no mercado visa lucro, já uma empresa que segue o modelo social busca o impacto na sociedade, gerar melhoria, não mais ignorar o problema. O que está acontecendo no momento é uma convergência dos negócios tradicionais e as iniciativas sociais. Em outras palavras, tem-se procurado gerar lucro buscando o impacto social.

Após o término das palestras, os participantes puderam se organizar em grupos com a proposta de discutir algumas questões, aplicando a teoria que foi anteriormente tratada. Em cada grupo, destacou-se uma das questões principais e, então, as discussões deixaram claro o importante papel do evento: a busca de possíveis soluções para os problemas na universidade.

Fonte: Biosferas